Meningite mata o jornalista Egídio Brito; imprensa do Piauí está duplamente de luto

0

A imprensa do Piauí está de luto duplamente. De sábado para domingo morreram em Teresina, os jornalistas Nelito Marques, de 74 anos, e Egídio Brito, de 32 anos. Nelito morreu na noite sábado e Egídio no início da tarde deste domingo.

Egídio era do Grupo Meio Norte de Comunicação. Ele morreu no Hospital da Unimed, localizado na zona norte de Teresina, onde estava internado, na UTI, desde a última sexta-feira (27). Ele foi vítima de meningite.

De acordo com amigos, ele foi internado após passar mal, com vômitos e dores nos punhos e depois parte do corpo dele paralisou. Ele fez exames, mas nenhum deles apontou AVC.

O jornalista estava em coma e sofreu uma parada cardíaca de seis minutos. O Grupo Meio Norte emitiu uma nota informando sobre a morte do jornalista.

A seguir, a íntegra da nota do grupo MN”

O Grupo Meio Norte de Comunicação comunica com enorme pesar o falecimento do nosso colaborador, jornalista Egídio Bráulio de Brito, vitimado por doença fatal, deixando, de forma prematura, uma grande lacuna em nosso trabalho e tristeza em nossos corações.

Ao tempo em que apresentamos aos seus familiares e amigos o nosso sentimento de tristeza, expressamos nossa posição de solidariedade e apoio, com admiração e respeito ao legado que Egídio nos deixou enquanto esteve ao nosso lado.

Meningite

A meningite é uma inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. A meningite pode ser causada por vírus ou por bactéria, que é mais grave. A principal forma de prevenir a meningite é por meio da vacinação.

Fonte: piauihoje

Campartilhe.

Deixe Um Comentário

Facebook login by WP-FB-AutoConnect