Piauí não atinge meta da campanha contra a gripe e grupo das crianças tem menor índice de vacinação





No último dia de vacinação contra a gripe no Piauí, realizado nesta sexta-feira (22), quase 200 mil pessoas do público alvo não foram imunizadas e 132 de 224 municípios deixaram de atingir a meta no estado. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o grupo das crianças teve o menor índice da cobertura vacinal.

“O estado atingiu 87,73% da meta de vacinação. Foram distribuídas 880 mil doses e a expectativa era imunizar 808 mil pessoas dos grupos prioritários, mas conseguimos apenas 608 mil. A população tem procurado a vacina, mas os municípios estão com problemas para atualizarem os dados e por isso vamos aguardar até segunda-feira para planejar novas ações”, informou a coordenadora de imunização da Sesapi, Kássia Barros.

A coordenadora descartou a possibilidade de prorrogar a campanha e caso tenha doses no estoque dos municípios, a vacinação pode ser ampliada para crianças de 5 a 9 anos de idade e adultos de 50 a 59 anos, como determina o Ministério da Saúde. Conforme os dados da Diretoria de Vigilância e Atenção à Saúde, 94 casos de influenza H1N1 foram registrados no estado, sendo que 10 evoluíram para óbito.

A campanha de vacinação no Piauí foi marcada por problemas pontuais como: a falta de doses nos postos de saúde, inclusive no dia D de vacinação, e de seringas para o público infantil. Além disso, até o início da semana, 13 cidades estavam com cobertura vacinal abaixo de 60%.

A vacina protege contra os vírus influenza tipo B, A H1N1 e A H3N2. Os grupos alvos da campanha foram: indivíduos com 60 anos ou mais de idade;crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias); gestantes e puérperas; trabalhadores da saúde; povos indígenas; grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; professores das escolas públicas e privadas; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;- população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Fonte: G1

Portal Uruçuí News

,