Moradores do Povoado Pratinha realizam protesto em frente ao posto de saúde da comunidade

Um grupo de moradores da comunidade Pratinha, zona rural de Uruçuí, realizaram na manhã deste domingo, 11/03 uma manifestação em frente ao posto de saúde da comunidade. Eles reivindicam que o posto de saúde fique aberto e disponibilize aos moradores da comunidade profissionais como; Tec. em Enfermagem e Agente Comunitário de Saúde.


Por meio de mensagens publicadas nos grupos do WhatsApp, os manifestantes declaram, que o posto de saúde da comunidade foi inaugurado no final do ano passado, mas que até hoje, de fato, os serviços de assistência técnica e medica ainda não foram regularizados, contemplando a comunidade com esses serviços semanalmente.

Em um grupo de mensagens do aplicativo WhatsApp, a vereadora Patrícia Morreria se manifestou através de um texto. Para Patrícia, as comunidades rurais — em especial a comunidade Pratinha — possuem uma demanda na área da saúde muito superior à capacidade de atendimento oferecida pelo poder público municipal. Por isso ela cobrou do poder público municipal uma solução para o problema. Veja!
”Pintou! Reinaugurou! Mas não usou!? É isso comunidade?

É de gerar repugnância politica e social o jeito de gerir a coisa pública sem entender que tudo isso deveria ter um fim único que é servir o povo.

A imprensa divulgou reinauguração da reforma da UBS da Pratinha em meados de novembro do ano passado e que desde então permanece fechada.

Ao povo restou um prédio de pintura nova e em desuso.
A comunidade clama por assistência medica e técnica semanal e a abertura de fato da UBS que perde o sentido de existir se não esta a serviço da comunidade.

Portanto, fica aqui nosso registro de indignação e repudio por mais essa situação reivindicada pela comunidade.
Ainda essa semana tivemos o anuncio da retirada da única UTI móvel da região em ambulância avançada do SAMU. No Piauí são poucas viaturas com esse suporte e Uruçui no passado foi contemplada com uma dessas depois de muitas lutas e hoje foi retirada. Uma ambulância que exigia um corpo de profissionais especializados e de grande importância para a saúde de Uruçui e região que agora perdemos.

Se não é para o povo então por que fazer? Se não for para fazer bem feito e estar a serviço do povo não tem motivo para existir!

A sociedade uruçuiense bem como as regiões circunvizinhas clamam por respeito à nossa saúde que pelo andar das situações parece estar na UTI e em estado grave.

#AvanteUruçui.
#Opovopodemais!
#NãovamosdesistirdeUruçui”

Texto publicado pela vereadora Patricia Moreira em um grupo do aplicativo de mensagens WhatsApp.

O espaço fica aberto para a Secretaria de Saúde de Uruçuí se manifestar.

Fonte: Blog do DUDU

Portal Uruçuí News

,