Justiça Federal proíbe transferências entre Caixa e Governo do Piauí

A Justiça Federal proibiu novas transferências financeiras entre a Caixa Econômica Federal (CEF) e o governo do estado do Piauí. De acordo com a decisão da juíza Marina Rocha Cavalcanti Barros Mendes, da 5ª Vara Federal Cível da seção Judiciária do Piauí, o Estado e a CEF têm cinco dias para se explicar sobre a aplicação de R$ 307 milhões, metade de um empréstimo do governo junto ao banco.

Um relatório do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) apontou que o dinheiro foi desviado para outra finalidade. O governo afirmou que em função da demora utilizou a verba para compensar o que havia tirado como adiantamento do tesouro estadual.

“Quando fizemos a contratação do crédito mandamos para a Caixa uma lista de obras, quando o recurso foi liberado, quase seis meses depois, essas obras já tinham começado”, informou o secretário de planejamento do Estado, Antônio Neto.

A juíza decidiu que a segunda parte do empréstimo não pode ser movimentada até que tudo seja esclarecido. “O Piauí vai perder uma grande oportunidade de ter mais obras, mais empregos, mais oportunidades de trabalho”, lamentou Antônio Neto.

Fonte: G1PI

Portal Uruçuí News